Diminua o Consumo, seu Coração e Rins agradecem

Mesmo que o Bicabornato de Sódio tenha um papel importante no organismo o consumo abusivo pode trazer problemas. Com o excesso é possível desenvolver hipertensão arterial, além de doenças cardiovasculares, renais e outras.

Entretanto, diversos alimentos e receitas possuem uma grande quantidade de sal. Deste modo, acaba aumentando a pressão arterial.

Para entender ele é o responsável pela regulação da quantidade de líquidos que ficam Fora das células. Quando existe o excesso acaba causando uma alteração do equilíbrio do organismo. Como consequência acaba retendo mais água e aumento o volume do líquido. Isto pode sobrecarregar o coração e os rins.

De acordo com o Ministério da Saúde 22,7% dos brasileiros receberam o diagnóstico de hipertensão.  Dentro Dos vasos são cobertos por uma camada, quando o sangue circula com pressão elevada. Deste modo, acabam endurecendo e ficam estreitos e pode entupir ou romper.

Quando existe o entupimento do vaso pode ocasionar o infarto. Portanto é preciso evitar a ingestão excessiva de sal. Com isto é possível se prevenir contra diversos problemas graves de saúde.

Conforme a Organização Mundial de Saúde (OMS) o recomendado é de menos de cinco gramas por pessoa. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelou que o consumo do brasileiro está de 12 gramas diários. Este valor ultrapassa o dobro do recomendado.

Desta forma, consumir pouco ajuda a manter a  pressão arterial normal e o coração saudável. Já quem tem doenças como tensão alta, problemas nos rins ou no coração precisam de um cuidado especial.

Como diminuir o consumo de sódio

O Instituto Nacional do Coração, Pulmão e Sangue dos Estados Unidos orienta do seguinte modo:

  • Procure consumir verduras frescas ou que sejam enlatadas ou congeladas, mas que não tenha sal.
  • Opte por carnes, aves e peixes frescos.
  • Tempere seus alimentos com ervas, especiarias e condimentos sem sal. Evite consumir o macarrão instantâneo, arroz e alimentos com temperos pré-embalados.
  • Caso for consumir enlatados enxague para retirar o excesso de sódio.
  • Siga uma dieta com pouco sal.
  • Utilize uma colher de chá como medida.
  • Não coloque o saleiro na mesa.
  • Opte por comidas grelhadas ou assadas.
  • Consuma alimentos ricos em potássio, como beterraba, laranja, espinafre e feijão.

Dicas importantes no cuidado com consumo de sódio

Conheça os alimentos

É preciso saber reconhecer os alimentos que são ricos em sal. Para isto é preciso controlar o sal ingerido. Existem alguns alimentos que são ricos em temperos industrializados.

Procure evitar comprar estes alimentos, a ideia é optar sempre pelos alimentos frescos.

Rótulos de alimentos

Antes de comprar não se esqueça de ler os rótulos das embalagens. Em alguns é possível ver a quantidade de sal, porém, em outros ele aparece como ingredientes usados.

Não se esqueça de dar atenção aos produtos light ou diet, pois pode ter uma elevada quantidade de sal.

Substituir sal por ervas e especiarias

Para ter os sabores mesmo reduzindo o sal a ideia é usar as especiarias.  A dica é investir em itens como cominho, alho, cebola, salsinha, pimenta, orégão, manjericão, folhas de louro ou gengibre.

Outra opção é usar o suco de limão e vinagre. Entretanto, não se esqueça de preparar os temperos com antecedência de no mínimo 2 horas para garantir o sabor.

Substitutos do sal

Ainda o sódio pode ser substituído por produtos alimentares como Dietsal, Slim ou Sal Diet. Estes produtos apresentam mais potássio. Caso não goste do sabor a opção é juntar ervas ou especiarias. Entretanto, o ideal é que estes substitutos sejam indicados por um nutricionista ou médi